Amsterdam to end ban on drinking beer standing

People on Amsterdam’s terraces will soon be allowed to drink beer standing again, a municipal spokeswoman announced on Saturday.

A municipal ban on the practice will be lifted soon, though it’s not yet clear when exactly the measure will come into force, the spokeswoman added. The aim is to change the policy this summer but it’s not yet certain if the capital’s authorities will be able to meet that deadline, she said.

The ban was originally instituted to prevent excessive noise levels. “Terraces offer limited seating. If people are allowed to drink standing, there’s an increased risk of unacceptable noise levels.” The municipality, however, rather than fining people for drinking beer standing, will from now on focus on combating high noise levels themselves, and will impose fines on anyone breaching the relevant municipal rules, the spokesperson explained.

© Radio Netherlands Worldwide

Televisão de Cachorro


Outro dia eu fiquei namorando do lado de fora uma adega, que nem cachorro em frente de maquina de frango de padaria de chinês. Sabe aquelas que se via em padaria de cidade pequena, que mais parece uma geladeira de bar, com os frangos no espeto rodando?

Pois bem, lá estava eu, como um cachorro magro, hipnotizada com as mãos na parede de vidro e boqui-aberta com as garrafas em display.

Me senti um vira-lata. Um vira-lata de sorte, pra dizer a verdade :-)

srsrsrrs … me entreti tanto com aquela visao do paraíso que acho que mapeei a vitrine.. srsrsrsr

Havia uma Krug 76 (acho que era 76..) a esquerda no alto

..um Cheval Blanc (98 creio?) bem na minha cara

..um Margaux (2003 ?) a direita

..três Petrus la embaixo

..um Le Pin alí atrás

..e mais uma pá de Champagne Non-Vintage aqui e ali.

Me senti as Portas do tempo do Hedonismo.

Não era cobiça, era desejo de se entregar aos prazeres engarrafados do outro lado do grosso vidro.

 

Hipnotizada estava eu a ponto de só despertar quando escutei um garotinho perguntar pra mãe:

_Mãe essas garrafas são de chocolate??

Não precisa falar que ela saiu puxando o menino de lado.. srsrrs

..e eu?

..eu vou falar o quê..??  ( suspiros  srsrsrsrs)

os morangos da minha infancia

Hoje faz frio.
É inverno no norte da Europa, claro que faz frio.
A chuva deu o ar de preguiça que nos deixou em casa.
O dia vira noite cedo.
Sim, claro, é inverno.

_ Filha quer um chá..??
_ Sim quero, posso escolher..?? Quero este aqui ó..

Era uma infusão de rosas orgânicas que ganhei de uma amiga, com a promessa de me fazer dormir mais cedo.
Sim, tenho amigas romanticas a esse ponto.

Aquele chá de rosas era novo para mim, mas as memórias que me vieram a boca não.
Eu nunca havia tomado chá de rosas..?? ..pouco provável.
O que há de tao familiar nele..??
Mais um gole acorda meu paladar, memorias lá-de-muito-mais-que-muito-longe.
Morangos da minha infância!
Um soriso vem ao meu rosto.
Que memoria feliz essa, que alegra minha alma.
Noto com espanto que aquele chá tinha o gosto dos morangos da minha infância.
Coisa que eu já havia encontrado em alguns vinhos.

Fui buscar um caderninho meu de alguma degustação de Roses da Provance.
Batata!
Lá estava, descrito com alegria: morangos da minha infância, com um longo final quase doce e bem suave, elegante.

Voltei ao chá e à conversa com minha filha.
Sirvo mais um pouco do bule.
Sim, eu sou do tipo que usa bule de chá e xícara com pires.
Um aroma bem fraquinho sobe da xícara e, mais uma vez toma minha alma.
Na boca as lembranças dos moranguinhos, dos chás com minha avó, a brisa da sombra de um mais fim de tarde de verão.

Alí estava eu e minha filha conversando a mesa.
Eu contando dos finais de tarde tomando chà com minha avó, escutando as histórias de sua meninice.. dos chás que tomei com minha mãe, lhe contando meu dia, minha dúvidas.

Mais um gole do chá.. mais um sorriso.. mais memória vindo pelo paladar.
Me dei conta que, agora, alí estava eu ouvindo o dia de minha filha.
Sim, era eu que lhe falava de minha meninice.
Fiquei orgulhosa de mim por um minuto.
Dali a pouco, estava eu orgulhosa de minha filha estar sentada a mesa tomando chá, no fim de tarde com sua mãe, conversando como uma mocinha do alto de seus seis anos.
Mais um pouco daqueles morangos da minha infância, que mais pareciam felicidade caindo de um pote de chá, vieram a minha boca.

_Mãe.. chá de rosas tem cheiro de rosas e não de morangos.
Clack ..Caiu a ficha.
Quando eu era menina, no nordeste do Brasil, não havia morangos.
Ou pelo menos não assim, tão facilmente, para povoar minha memoria de infância.
Meu lado pragmático comecou a montar um quebra-cabeças de lembranças muito-mais-que-muito-antigas.
Fui buscar no fundo de uma gaveta a toalha que minha avó forava a mesa pro chá. Um linho branco com moranguinhos bordados, de uma delicadeza que não existe mais.
Forrei a mesa, arrumei o bule as xícaras..
Foi quando escutei de minha filha:
_ Mãe, agora eu sei do quê falou antes..
.. o chá tem mesmo gosto de moranguinhos.

Mais tarde, a noite, abrirei um Rose de Provance.
L.

Espumantes e Champagnes

Eu tenho uma queda por vinho com bolinhas, champagnes ou nao.
Vale lembrar que nao tenho preconceitos, mas respeitos meus preceitos.
Sem provar nao falo!

Ainda nao provei Champagne ruim.

Ja provei Champagne barato, caro e sem preco..
.. novo, velho e muito velho..
.. com gelo (sim, com gelo!) e em garrafinha com canudinho, e de garrafonas biblicas..
Ja provei Champagne “passado”, morto e “bichado” (ou corked, se vc for chique)
.. que perdeu o gas, que ainda nao estava pronto, muito jovem..
.. no copo de geleia de mocotoh na beira da praia,
.. na garrafa de lanche de pRastico em show em estadio,
.. na folha de bananeira,
.. e sei lah quantas outras maneiras mais.. srsrsrsrsrsr

Ha sim Champagne que nao alinha com meu paladar..
..outras inesqueciveis
..outras tantas que caem perfeitamente e alegram minha alma.

Nao caia na bobagem de achar que o preco revela a qualidade de uma garrafa de Champagne.
Talvez mostre seu publico, seu estilo a mesa.

Tem Champagne de todo jeito, de todo preco, em todo lugar, pra todo tipo de gente e bolso
Eh uma questao de paciencia, perceverancia (com S ou com C..?? ..nunca sei..srsrrsrrs)
.. de esperar belo bom preco e/ou
.. de esperar pelo tempo de amadurecer na adega
Em qualquer um dos casos, vale a recompensa da estrategia de ser feliz.

Sobre espumantes, te falo que eu gosto, e muito!
Mas daih a pagar preco inflacionado pela “especulacao” desse negocio no Brasil tem chao.
Ateh pq mundo afora ha uma crise real e os precos caem no desespero de vender algo pra cobrir prejuizos.
Quem passar, neste fim de ano, por aeroportos por europeus (nao nos dutyfree/freeshops do Brasil) vai dar de cara com barganhas nos precos das grandes marcas, ou leve duas pelo preco de uma.. ou brindes bonitinhos pra viuva cor-de-rosa :-)

Quando a intencao do fulano eh “mostrar” $$$$$, ostentar $$, gastar $.
.. daih a conversa muda de rumo, e o lado marketeiro salta gritando:
..se tem quem pague, vai ter o peco pedido pago sem choro.
Simples assim.
Justo?
Nao, real.

Soh de estar numa conversa sobre isso, nos coloca como um publico que pensa antes de entrar nesta “roda” do mercado.
O que jah eh um bom relax pro meu visa, estressado com as festas de fim de ano..

Bem, assim pensa minha ingenua-iterface-cadeira-teclado.
L.

Exclusive Sparkling Wine Tasting at EWBC2011

1. Ridgeview Cavendish 2009 (Sussex, England)

Fresh and interesting wine, good as an aperitivo. Excellent try with “fatty-food” as salmon.

2. Denbies Cubitt Reserve 2006 (Surrey, England)

Apple and elderflowers added with a bit salt at the end – looks like a show up caracter for English sparkling wines.

3. Lenz Winery 2005 Cuvee (USA) - 100% Pinot Noir

The winery is located in Long Island, nearby New York. High residual sugar well balanced with the acidity make the palate a blast. This wine still need some time in bottle before show its best. Yes, is a dry wine a bit less then 10g/liter residual sugar, with interesting aromatic sensation.

4. Chateau Frank 2006 Blanc de Blancs (USA) - 90% Chardonnay, 10% Pinot Noir

Fresh shellfish, oisters and crustraceos is the best food pairing for this one, said the winery man in the audience. I agree 100%, the long finishing with some salt at the very end would be perfect with crab as well, high acidity can easy handle that.

The 1st is ready to drink, the 2nd still need a bit aging. They are raped-sort-of-wines on palate.

2004 and 2005 was a good vintage in Italy, this is reflected on Franciacorta Wines as well.

5. Majolini Franciacorta Electo, Millesimato 2005 Brut (Italy)

Intense palate and dryness shows it has had been on lees for some time. It’s quite exotic wine. Perfect for jamon and the rich local food.

6. Raventos Blanc Extra Brut Gran Reserva de la Finca 2006 (Spain)

The aromatic sensation of this wine comes from Macabeo grapes. The high altitude is well showed in its freshness.

7. Cava Recaredo Pas Dosé Reserva Particular 2002 (Spain)

Kind of a sweet vanilla after tasting. After almost ten years of the harvest, the wines is still fresh.

8. Il Mosnel Franciacorta Pas Dosé Riserva “QdE” 2004 (Italy)

Do you know there is a Italian Contest for the best wine label design ? Well, I didn’t! This 2004 Fransciacorta won best italian label design. The wine itself shows the years on its colour. Aromatic sensation with a smooth aftertasting, tipical wine ready to drink (perfect timing for a good dinner)

9. Tarlant Extra Brut Cuvee Louis NV (France)

The only Cuveé made from this House. 1996 and 1997 blended together. The nose could trick you to think there was malolatic fermation, it has none.

10.  Piper- Heidsieck Brut Rare 1988 (France)

Only two vintage was produced like this. Is a waine from a old winemaker, so no modern tecnics.  The age shows itself on ambar colour. This represented what sparkling wines can do with your senses!  The wine is very complex. Nose with toast and butter notes plus the vanilla and candy.  Drinking it is a sensational experience!


Sparkling “little list” at EWBC2011

European Wine Blogger Conference 2011 will start officially tomorrow at 9am in Brescia, Italy. Wine Bloggers from all over the places come together to talk about wine and internet. Share all about this intriguing connection is the common language here.

Brescia is a lovely City incrusted in Franciacorta known by beautiful sparkling wines. The historical center makes you feel romantic. Well, I’m not the most romantic woman and I can tell some places make my sigh :-) maybe is the wines, I don’t care..

Tomorrow EWBC agenda starts with an Exclusive Sparkling Tasting lead by 1* Michelin Restaurant Head-Sommelier. Stefano Botture, from Ristorante Due Columbe, will discuss the differences, styles, pairing food. They all made by similar methods with lots in common but their unique expressed origins. Just this would be luxurious, add an impressive list of bubbly fermented juice on top of that.. voila!

Hereby the “little list” :-)

  • Cava Recaredo Reserva Particular 2002 (Spain)
  • Gran Reserva de la Finca 2006 (Spain)
  • Piper-Heidsieck Rare 1988 (France)
  • Tarlant Cuvee Louis NV (France)
  • Lenz Winery 2005 Cuvee (USA)
  • Chateau Frank 2006 Blanc de Blancs (USA)
  • Majolini Franciacorta Electo, Millesimato 2005 Brut (Italy)
  • Il Mosnel Franciacorta Pas Dosé Riserva “QdE” 2004 (Italy)
  • Ridgeview Cavendish 2009 (Sussex, England)
  • Denbies Cubitt Reserve 2006 (Surrey, England)
I can’t wait!
L. 

Congresso de blogueiros..!?! como assim ..?!?

Quem “escaneia”  Twitters sobre vinhos deve ter se deparado com muitos #ewbc, todos falando de vinhos de alguma forma. Mas o que EWBC, para trazer tantos twitters sobre vinhos..?!? Eh um congresso, conferencia, encontro europeu de blogueiros que escrevem sobre vinhos (ou assuntos relacionados a vinhos) on-line. Esta eh sua quarta ediçao este ano estah sendo em Brescia, bem no meio da regiao vinicola de Franciacota, na Italia. Um lugar lindo, com paisagens, pessoas e cultura de deslumbrar desavisados que foi invadito como uma orla de malucos por vinhos.

Cheguei em Brescia uma dia antes para o jantar de abertura. Vindo da Holanda, aquele ceu azul e a brisa que fazia os locais esconderem suas maos nos bolsos, a tarde me pareceu um verao vindo dos deuses.

Sentei num Cafe, pedi um capucino e fiquei a ver o que se passava. Engraçado ver as mulheres se salto alto pararem na vitrines de doces enquanto alguns ficavam entretidos pelos vinhos. Bastava olhar com atençao que dava pra ver os SmartPhones e os dedos rapitos e olhares curiosos para as etiquetas das garrafas. Bastou uma olhadela no Twitter para eu ter a certesa que se tratava de bloggers para o EWBC. Ao final da tarde jah sem cerimonia alguma, sacavam suas maquinas fotograficas, SmartPhones e notebook para registrar e publicar on-line suas impressoes de Brescia e os vinhos que encontravam pela frente.  Pode parece uma excitaçao por conta da Conferencia em si, mas na verdade eh algo que os vieram aqui fazem sempre.. em qualquer lugar .. a qualquer hora ..sob quaisquer circunstancias :-)