Televisão de Cachorro


Outro dia eu fiquei namorando do lado de fora uma adega, que nem cachorro em frente de maquina de frango de padaria de chinês. Sabe aquelas que se via em padaria de cidade pequena, que mais parece uma geladeira de bar, com os frangos no espeto rodando?

Pois bem, lá estava eu, como um cachorro magro, hipnotizada com as mãos na parede de vidro e boqui-aberta com as garrafas em display.

Me senti um vira-lata. Um vira-lata de sorte, pra dizer a verdade 🙂

srsrsrrs … me entreti tanto com aquela visao do paraíso que acho que mapeei a vitrine.. srsrsrsr

Havia uma Krug 76 (acho que era 76..) a esquerda no alto

..um Cheval Blanc (98 creio?) bem na minha cara

..um Margaux (2003 ?) a direita

..três Petrus la embaixo

..um Le Pin alí atrás

..e mais uma pá de Champagne Non-Vintage aqui e ali.

Me senti as Portas do tempo do Hedonismo.

Não era cobiça, era desejo de se entregar aos prazeres engarrafados do outro lado do grosso vidro.

 

Hipnotizada estava eu a ponto de só despertar quando escutei um garotinho perguntar pra mãe:

_Mãe essas garrafas são de chocolate??

Não precisa falar que ela saiu puxando o menino de lado.. srsrrs

..e eu?

..eu vou falar o quê..??  ( suspiros  srsrsrsrs)

Advertisements